Best answer: Quanto é uma franquia de seguro?

Como saber o valor da franquia do seguro?

Dá uma olhada nesse exemplo que vai ficar bem facinho de entender: você bateu o carro e o conserto vai custar R$ 10 mil. Sua franquia é no valor de R$ 1 mil. Isso quer dizer que a seguradora vai bancar R$ 9 mil do valor total e você banca o valor da franquia: R$ 1 mil.

Quem tem que pagar a franquia do seguro?

Quem é responsável por pagar a franquia? A franquia deve ser paga pelo segurado quando ele acionar o seguro. Mas, e se ele não foi o causador do acidente? Se a outra pessoa tiver um seguro contra terceiros, pode acionar a seguradora dele para que pague os prejuízos.

O que é franquia seguro saúde?

As franquias de seguro saúde oferecem proteção familiar e individual para prevenção de imprevistos. A rede de franquias Hannover Seguros promete aos franqueados opções de seguro saúde das principais seguradoras do país.

Quando solicitar a franquia do seguro?

Nos casos de sinistros parciais, quando os danos causados no carro são inferiores a 75% do seu preço de venda, o pagamento da franquia é obrigatório. Essa situação ocorre, geralmente, nos casos de colisões, causas naturais como enchentes ou em casos de furto/roubo em que o automóvel é recuperado com avarias.

É INTERESSANTE:  O que significa a palavra seguradora?

Como a seguradora cobra do culpado?

Como funciona o direito civil da seguradora cobrar franquia culpado? … Neste caso, a seguradora se torna responsável por cobrar do culpado o prejuízo tido por ela pelo acidente. E você, por sua vez, poderá cobrar-lhe o valor da franquia do seguro do carro mediante um processo judicial.

É possível parcelar a franquia do seguro?

A resposta para essa pergunta é sim, você pode parcelar a franquia do seguro auto. Claro que as maneiras disponíveis de pagamento e número máximo de parcelas variam de acordo com cada seguradora.

Quando não preciso pagar a franquia do seguro?

Franquia do carro há casos que não precisa ser paga

A franquia é uma participação obrigatória do segurado nos custos de perda parcial do veículo. Ou seja, se o veículo sofrer danos mas não chegar a dar perda total quando não ultrapassa 75% ou mais do valor do carro.

Como não pagar franquia do seguro?

As apólices podem variar, mas, entre os casos mais comuns nos quais não é preciso pagar a franquia, estão:

  1. Acidente com perda total.
  2. Em caso de danos morais e materiais a terceiros, sendo o segurado o culpado pelo acidente.
  3. Se tiver o veículo roubado ou furtado e ele não for encontrado.
  4. Assistência 24h, como guincho.

Como funciona o pagamento da franquia do seguro?

A franquia de seguro nada mais é que o valor com que o segurado deve arcar em determinados tipos de sinistro para que a seguradora faça os reparos necessários. Na prática, essa participação obrigatória funciona como um recurso de segurança para as companhias de seguro, resguardando-as contra o mau uso do serviço.

Como funciona a franquia de seguro saúde?

O cliente contrata o seguro e paga uma mensalidade para o banco ou a seguradora. Assim, fica permitido realizar o tipo de atendimento que o cliente deseja. Diferentemente do plano de saúde, em que existe uma rede credenciada, o seguro não tem uma rede específica.

É INTERESSANTE:  Como consultar o Seguro Auto Santander?

O que significa franquia anual?

A franquia corresponde ao montante estabelecido numa das cláusulas de apólice que define o valor até ao qual o segurador não se responsabiliza pelo prejuízo. Este valor corresponde à parte do risco que fica a cargo do tomador de seguro.

Precisa de boletim de ocorrência para acionar seguro?

O B.O. é um documento exigido pela maioria das seguradoras. Para obter a indenização parcial ou integral do seguro, lembre-se de não consertar nada no veículo. Os reparos só poderão ser feitos após o registro do boletim de ocorrência e da análise e listagem dos danos no documento.

Quantas vezes eu posso usar a franquia do seguro?

No caso de acionamento da cobertura de perda parcial, como consertos, o seguro poderá ser acionado quantas vezes for necessário, não existe um limite de uso. Ou seja, toda às vezes que acontecer uma colisão que cause a perda parcial, ou qualquer outro problema que promova a necessidade de conserto.

Quando não devo acionar o seguro?

Se o seu carro sofrer pequenos danos cujo preço do conserto seja igual ou inferior ao valor da franquia, não vale a pena acionar o seguro auto. … Caso seu veículo sofra com algum sinistro que exija reparos no valor de R$ 6.000, você arcará somente com R$ 2.000, enquanto a seguradora custeará os outros R$ 4.000.