Como denunciar um corretor de seguros?

Onde denunciar corretor de seguros?

O consumidor que tiver algum tipo de problema com o seu seguro pode procurar a Susep por dois caminhos: o Disque-Susep (0800-021-8484) e o site do órgão (www.susep.gov.br). No endereço eletrônico da superintendência, deve-se clicar no link “Serviços ao cidadão” e, depois, em “Faça aqui sua reclamação”.

Como denunciar um corretor na Susep?

Como alternativa ao atendimento presencial ao público, que está suspenso desde 16/03/2020, a Susep mantém ativo o canal FALE CONOSCO , além do telefone 0800-0218484 (apenas para ligações a partir de telefones fixos) e, enquanto durar a suspensão, a possibilidade de contato por WhatsApp, por meio do número (21) 97684- …

Quem fiscaliza as corretoras de seguros?

A SUSEP é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro. Autarquia vinculada ao Ministério da Economia, foi criada pelo Decreto-lei nº 73, de 21 de novembro de 1966.

Como acionar a Susep?

Ao formular reclamação à SUSEP, apresente documentação que comprove seu vínculo com a empresa, tais como: cópia da apólice, certificado de seguro, contracheque ou outro documento que comprove o pagamento do prêmio, título de capitalização, contrato etc.

É INTERESSANTE:  Quando vale a pena ter seguro de carro?

Qual o salário de um corretor de seguros?

No cargo de Corretor de Seguros se inicia ganhando R$ 1.781,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.986,00. A média salarial para Corretor de Seguros no Brasil é de R$ 2.585,00. A formação mais comum é de Graduação em Administração.

Como saber se o corretor de seguros?

Para verificar se uma seguradora é confiável, basta consultar seu cadastro na SUSEP. Se ela estiver cadastrada e autorizada pelo órgão, é sinal de que atua conforme as leis brasileiras.

Como fazer uma reclamação de um corretor?

Para tanto, acessar o site www.crecisp.gov.br – link: Cidadão – Denúncias https://www.crecisp.gov.br/cidadao/corretorimobiliaria .

Onde reclamar sobre previdência privada?

Para assuntos relativos a benefícios de aposentadoria, pensão por morte, salário-maternidade e demais auxílios sociais, procure o INSS na agência mais próxima de sua residência ou trabalho, acesse o site www.inss.gov.br ou ligue no Prevfone: 135.

Qual órgão fiscaliza seguro de vida?

A Superintendência de Seguros Privados – mais conhecida como Susep – é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Economia. Foi criada pelo Decreto-lei 73 de novembro de 1966. Seu objetivo é o controle e fiscalização dos mercados de seguro, Previdência Complementar aberta, capitalização e resseguro.

Qual o papel do governo na regulação e fiscalização das entidades atuantes no setor de seguros?

Uma das atribuições do órgão regulador é fixar diretrizes e normas da política de seguros privados no Brasil e definir as características gerais dos contratos de seguros. Assim, todas as instituições financeiras que oferecem o produto no mercado devem cumprir as definições do órgão.

Qual papel da seguradora?

Contudo, a seguradora é a responsável pelo produto passível de seguro, ou seja, quem possui o serviço e assume todos os riscos. Ela é quem garante a indenização ou atendimento do segurado pessoa física ou pessoa jurídica, caso haja cobertura pela apólice.

É INTERESSANTE:  O que acontece se eu bater em um carro que tem seguro?

Quais são as etapas de contratação de um seguro?

Passos necessários para contratar um seguro. São cinco os passos principais para a contratação de um seguro: a cotação de seguro, vistoria do carro, análise de proposta, entrega de documentos e assinatura do contrato. A seguir, explicamos cada uma delas.

Como consultar um seguro de vida pelo CPF?

Outro jeito é ir até a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), órgão que regulamenta os seguros no Brasil. Você pedir uma consulta com o CPF da pessoa que acha que te indicou como beneficiário de um seguro de vida para descobrir se existe algum seguro registrado.