Como é calculado o valor da franquia do seguro?

Como saber o valor da franquia do seguro?

Dá uma olhada nesse exemplo que vai ficar bem facinho de entender: você bateu o carro e o conserto vai custar R$ 10 mil. Sua franquia é no valor de R$ 1 mil. Isso quer dizer que a seguradora vai bancar R$ 9 mil do valor total e você banca o valor da franquia: R$ 1 mil.

O que é o valor da franquia do seguro?

Esse valor só é considerado em situações onde o segurado é responsável pelo dano, como quando ele bate o veículo e a seguradora prova que a culpa foi dele. … Nesse caso, o segurado precisa pagar parte do conserto do veículo e esse pagamento parcial é chamado de franquia.

Como é feito o pagamento da franquia do seguro?

Como é feito o pagamento da franquia do seguro de carro? O pagamento da franquia deve ser realizado diretamente à oficina e/ou profissional responsável por realizar o reparo do veículo. Como a franquia corresponde apenas a uma parte do valor do conserto, a seguradora realiza o pagamento do restante da conta.

Quem paga a franquia do seguro?

Quem é responsável por pagar a franquia? A franquia deve ser paga pelo segurado quando ele acionar o seguro. Mas, e se ele não foi o causador do acidente? Se a outra pessoa tiver um seguro contra terceiros, pode acionar a seguradora dele para que pague os prejuízos.

É INTERESSANTE:  Frequent question: Qual o banco que administra o cartão Porto Seguro?

Como a seguradora cobra do culpado?

Como funciona o direito civil da seguradora cobrar franquia culpado? … Neste caso, a seguradora se torna responsável por cobrar do culpado o prejuízo tido por ela pelo acidente. E você, por sua vez, poderá cobrar-lhe o valor da franquia do seguro do carro mediante um processo judicial.

É possível parcelar a franquia do seguro?

A resposta para essa pergunta é sim, você pode parcelar a franquia do seguro auto. Claro que as maneiras disponíveis de pagamento e número máximo de parcelas variam de acordo com cada seguradora.

Quando não preciso pagar a franquia do seguro?

As apólices podem variar, mas, entre os casos mais comuns nos quais não é preciso pagar a franquia, estão: Acidente com perda total. Em caso de danos morais e materiais a terceiros, sendo o segurado o culpado pelo acidente. Se tiver o veículo roubado ou furtado e ele não for encontrado.

O que é franquia do casco?

Franquia obrigatória de casco é, por definição, “o valor definido na apólice referente à responsabilidade do Segurado nos prejuízos indenizáveis de casco decorrentes de sinistros cobertos no Seguro Principal de Automóvel”. … Ou seja, a vigência do seguro franquia é a mesma vigência do seguro auto.

Quando solicitar a franquia do seguro?

Nos casos de sinistros parciais, quando os danos causados no carro são inferiores a 75% do seu preço de venda, o pagamento da franquia é obrigatório. Essa situação ocorre, geralmente, nos casos de colisões, causas naturais como enchentes ou em casos de furto/roubo em que o automóvel é recuperado com avarias.

Tem que pagar franquia em caso de roubo?

Basta, apenas, preencher o documento que registra a transferência de propriedade do veículo. … Ou seja, o veículo roubado paga franquia apenas quando é recuperado dentro do prazo máximo estipulado pela seguradora e precise de reparos.

É INTERESSANTE:  Como saber se uma pessoa tem um seguro de vida?

Qual a vantagem da franquia reduzida?

Na franquia reduzida o motorista paga um valor muito menor para ativar a seguradora, porém o valor do seguro sai um pouco mais caro. Já a franquia normal é o contrário, você paga um valor mais alto para acionar o seguro, porém o preço do seguro de carro é baixo.

Sou obrigado a pagar a franquia?

A franquia é uma participação obrigatória do segurado nos custos de perda parcial do veículo. Ou seja, se o veículo sofrer danos mas não chegar a dar perda total quando não ultrapassa 75% ou mais do valor do carro. Então o segurado pagará a franquia, e a seguradora o restante.

O que acontece se eu não pagar a seguradora?

A principal consequência de não pagar pelo seguro auto é que você terá o serviço cancelado pela seguradora. Então, o carro deixará de ficar protegido. O prazo para cancelamento do serviço pela seguradora varia. Pode ser que a empresa demore dias para cancelar a proteção; podem ser meses.

O que é uma cobertura compreensiva?

Compreensiva: inclui colisão, derrapagem, capotagem, ato danoso praticado por terceiros, alagamento, enchente, vendaval, granizo, raio, terremoto, incêndio, explosão, roubo e furto total ou parcial, entre outros.