Frequent question: O que é preciso para fazer um seguro residencial?

O que é preciso para fazer seguro residencial?

Quais documentos preciso pra acionar o seguro residencial?

  1. Comunicação de Aviso de Sinistro.
  2. CPF ou CNPJ.
  3. Comprovante de residência do imóvel segurado.
  4. Contrato do seguro.
  5. Especificação detalhada dos seus prejuízos.

Quais tipos de imóveis não são aceitos para contratação de seguros?

Normalmente, a contratação de um Seguro Residencial não é permitida para imóveis em construção, imóveis tombados pelo Patrimônio Histórico e Cultural, imóveis de repúblicas, moradias coletivas, imóveis usados como alojamento e imóveis construídos com materiais combustíveis.

O que cobre o seguro residencial?

O seguro residencial é um seguro compreensivo, pois oferece diversas coberturas, sendo que a mais comum é a cobertura contra incêndio, queda de raios e explosão. É destinado a residências individuais, casas e apartamentos, habituais ou de veraneio.

Quem pode fazer seguro residencial?

Uma vez que o seguro residencial é destinado aos proprietários, inquilinos e administradores de imóveis, todos os envolvidos podem usufruir dos serviços de assistência 24h que ele oferece. E não é só no caso de acidentes e furtos, por exemplo, que sua casa estará coberta.

O que é apólice residencial?

Essa modalidade de seguro oferece proteção aos imóveis destinados à moradia, sejam eles permanentes ou de temporada. … Em média, anualmente a apólice de um seguro residencial varia entre 0,2% e 0,6% do valor do imóvel.

É INTERESSANTE:  O que significa apólice de seguro?

Porque é importante fazer um seguro residencial?

O seguro residencial oferece proteção para diversos riscos, sejam por alagamentos, incêndios, danos elétricos, ou até mesmo por explosões. … Já o seguro residencial possui o custo-benefício compensador, pois os preços são atrativos e com as taxas mais em conta.

O que fazer se a seguradora não quer pagar?

O que fazer se a seguradora negar a indenização? Se a seguradora não pagar a indenização do seguro auto e não houver acordo entre as partes, será necessário entrar com uma ação judicial para garantir os seus direitos. Esse processo pode ser longo e demorado, e você precisará de um advogado.

Quais as coberturas básicas do seguro residencial?

Incêndio, explosão e fumaça

Como já citamos, essa é a chamada “cobertura básica” e, por questões legais, é de contratação obrigatória em qualquer seguro residencial. Ela cobre seu imóvel e seus bens de prejuízos causados por incêndios ou explosões que começaram dentro de sua casa ou, dependendo da situação, fora dela.

Como funciona a cobertura de vidros no seguro residencial?

Quebra de Vidros

Quando essa cobertura é contratada, o seguro indeniza um valor, de acordo com o que o segurado contratou, para a reposição de vidros que foram danificados. Estão amparados vidros como os de box de banheiro, vidros de varandas e até cooktop. Também está amparada a quebra de espelhos e louças sanitárias.

O que falar sobre seguro residencial?

O seguro residencial é um produto com coberturas multirriscos, isto é, oferece um conjunto de seguros conjugados ou agrupados numa única apólice. … Todo seguro residencial possui uma garantia básica (cobertura), que cobre os prejuízos provocados por incêndio, queda de raio e explosão.