O que faz perder a garantia?

O que faz perder a garantia do veículo?

Um carro batido pode perder a garantia se não for consertado em um período específico! A depender do contrato, se o motorista não arruma o carro em até dois meses depois do acidente, ainda que faça o conserto em revenda da marca, a garantia contra corrosão da carroceria será invalidada.

O que acontece se eu não fizer a revisão perco a garantia?

Em outras palavras, se o consumidor não fizer a revisão periódica no período da garantia, de cinco anos, por exemplo, na concessionária respectiva, ele perde toda a garantia, mesmo que o vício ou o defeito em nada se relacione aos itens da revisão. … O desrespeito contra o consumidor não tem limites.

O que faz perder a garantia de uma moto?

Se o concessionário perceber, por meio de desgastes de componentes, que houve uma pilotagem excessivamente agressiva ou a prática de manobras do tipo wheeling ou RL, por exemplo, a garantia também pode ser cancelada. Transportar carga além do limite da moto ou puxar reboque também são motivos que cancelam a garantia.

É INTERESSANTE:  Qual o prazo de garantia de imóvel novo?

Quantos quilômetros pode passar da revisão?

Muitas marcas dão uma tolerância de 1 mil ou até 2 mil km a mais para fazer a revisão do carro novo. Mas o ideal é fazer antes de chegar ao prazo estipulado pelo fabricante.

Sou obrigado a fazer a revisão do carro na concessionária?

Revisão e garantia do veículo: o que não é obrigatório? Serviços como a troca de óleo, filtros, alinhamento e balanceamento, e outras manutenções básicas podem ser feitos fora da concessionária, desde que respeitem os parâmetros estabelecidos pela montadora.

Como funciona a garantia de peças?

Por lei, todo produto ou serviço tem, obrigatoriamente, uma garantia de pelo menos 90 dias. Quando você escolhe as melhores peças de reposição para o seu carro, é bem comum que esse prazo seja maior. Nesse caso, é chamada de garantia contratual e não é obrigatória.

Qual a vantagem de fazer revisão na concessionária?

Ao optar pela revisão na concessionária, você tende a encontrar serviços com preço fixo, o que agrega segurança quanto ao valor necessário pago pelos reparos. Mesmo que o montante já seja estipulado, é possível receber descontos no número final investido, além de contar com alternativas facilitadas de pagamento.

O que acontece se atrasar a revisão do carro?

1- Desgaste irregular das peças

Desgaste irregular das peças é um dos primeiros riscos de atrasar a manutenção do carro. Em geral, ele é mais frequente em veículos que circulam longe dos grandes centros urbanos, onde as pistas tendem a ser mais irregulares.

Quantas revisões são obrigatórias na concessionária?

A maioria das concessionária segue rigorosamente o prescrito pela fábrica ao fazer a revisão periódica. Executa e cobra exatamente os itens a serem verificados e revisados aos 10 mil km, 20 mil, 30 mil, etc.

É INTERESSANTE:  Tem que ter CNH para fazer seguro?

O que faz perder a garantia Honda?

Esse benefício será cancelado se: Alguma das revisões periódicas não for executada em uma concessionária autorizada Honda e/ou for executada fora dos intervalos (tempo e quilometragem) mencionados no Manual do Proprietário.

O que pode trocar na moto sem perder a garantia?

Os donos das motos novas devem sempre seguir a risca os prazos de revisão das suas motos, pois este pode acabar sendo um dos principais motivos para perda de garantia. A revisão por quilometragem percorrida pode ser 10% a mais ou a menos, ou seja: a revisão de 1.000 km pode ser feita aos 900 ou aos 1.100 km.

Quantos km pode passar da revisão VW?

Demorou (na verdade, eles foram os últimos), mas a VW mudou: a partir de amanhã (1º de outubro), o intervalo passa a ser de 12 meses ou 10.000 km, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

Quanto pode ultrapassar na quilometragem pra revisão?

Tolerância: A tolerância para realizar as revisões é de 1.000 km ou 01 mês, a mais ou a menos.

O que se troca em uma revisão?

substituição do filtro de combustível a cada 15 mil km; substituição do filtro do ar-condicionado a cada 15 mil km; substituição do fluído de freio a cada 20 mil km; substituição das velas de ignição a cada 20 mil km.